Golpes na era digital: como se prevenir dos golpistas?

Golpes mais aplicados hoje em dia, você sabe de todos? Sabe como se prevenir das fraudes aplicada pelos golpistas? Aprenda tudo aqui.

Descritivo e texto legal

O golpe tá aí!” Como não cair?

Todos nós conhecemos alguém que já caiu em algum golpe ou que foi vítima de uma tentativa de fraude realizada por golpistas. Isso tem se tornado cada vez mais comum nos dias de hoje. Um dos motivos é que o avanço da tecnologia tem propiciado o surgimento de novos golpes, e os golpistas estão se especializando, aproveitando as oportunidades do cenário digital para cometer suas fraudes.

Segundo um levantamento da Serasa Experian, cerca de 326.290 brasileiros foram alvos de tentativas de golpistas em fevereiro deste ano. Esse número impressionante equivale a uma fraude aplicada a cada 7 segundos.

A pesquisa também indicou que a faixa etária das vítimas são pessoas na idade entre 36 e 50 anos. Elas são o alvo ideal de golpistas por serem mais ativas economicamente e por passarem mais tempo no mundo digital.

A pergunta que fica diante desse cenário é: como se proteger para evitar cair em golpes?

Vou falar disso em seguida, mas antes vamos entender quais são os golpes que estão sendo mais aplicados recentemente. Nessa matéria você vai ver:

1 Golpe do Advogado Falso

2 Golpe do FGTS

3 Golpe do Pix

4 Golpe de Phishing

5 Golpe do Boleto Falso

6 Golpe de Anúncios Falsos

7 Golpe do Perfil Falso

8 Golpe do Namoro Falso

9 Golpe de Venda de Produtos Usados

10 Golpe da Falsa Central de Atendimento

11 Golpe do Suporte Técnico

12 Golpe do Investimento

13 Golpe do Marketing Multinível

14 Golpe do Emprego

15 Golpe do Falso Sequestro

16 O que fazer se for vítima de um golpe?

17 Como prevenir golpes

Golpe do Advogado Falso

Vou começar com esse tipo de golpe que está fazendo várias vítimas por todo o Brasil e por ser um que afeta diretamente profissionais como eu.

Nessa fraude, os golpistas se passam por advogados e entram em contato com as vítimas através do WhatsApp. Para enganar os alvos, os criminosos conseguem dados de seus processos e usam o logo de escritórios de advocacia.

Eles dizem que o dinheiro da indenização do autor do processo foi liberado e pedem o pagamento de honorários ou algum outro valor.

Golpe do FGTS

Nesse caso, os golpistas usam o nome de órgãos do governo e entram em contato com as vítimas falando sobre FGTS, recadastramento do Auxílio Emergencial, agendamento de vacina etc.

Geralmente o contato é feito por telefone, e-mail ou SMS com o objetivo de roubar dados pessoais.

Fraude no WhatsApp mostrando golpistas com o golpe do FGTS
Tela do WhatsApp com golpista fingindo ser do Ministério da Saúde

Golpe do Pix

Também conhecido como Golpe do WhatsApp, essa é uma das fraudes mais famosas ultimamente.

Os golpistas clonam o celular de alguém, se passam pela pessoa e começam a pedir dinheiro para os contatos da lista.

Em outra versão desse golpe, em vez de clonarem o celular, os criminosos fingem ser uma pessoa, entram em contato com conhecidos dessa pessoa dizendo que o número do celular mudou e em seguida pedem dinheiro.

Nas duas situações, os golpistas inventam uma emergência para explicar o pedido de dinheiro e conseguir que os contatos façam a transferência via Pix.

Golpe de Phishing

Essa fraude é feita através do envio de mensagens falsas com o objetivo de conseguir obter dados pessoais e financeiros das vítimas.

Os golpistas se passam por bancos, entidades governamentais ou marcas famosas e enviam SMS, e-mail ou mensagem pelo WhatsApp pedindo que a vítima atualize seus dados cadastrais.

Em alguns casos, eles enviam links direcionando o alvo para páginas falsas.

Golpe do Boleto Falso

Este é outro golpe muito comum no Brasil.

Os criminosos criam um boleto falso com os dados da vítima em nome de empresas de cobrança e enviam pelo WhatsApp solicitando o pagamento.

Os boletos podem ser de um financiamento, pagamento de serviços como telefone ou compra de produtos.

Fraude do e-mail falso da Netflix usado por golpistas para o golpe de phishing
Fraude com anúncio falso de venda de TV

Golpe de Anúncios Falsos

Esse tipo de golpe acontece o ano todo, mas é mais aplicado em períodos de promoção de lojas, como a Black Friday.

Os golpistas criam um anúncio falso de um produto com um desconto imperdível ou com o preço muito abaixo do mercado. Nessa fraude, o pagamento, quase sempre, é feito por transferências bancárias ou pagamentos por boletos.

Golpe do Perfil Falso

Os golpistas criam contas com perfis falsos nas redes sociais e aplicam o golpe de duas formas:

  • Eles se passam por lojas e vendem produtos que não são entregues;
  • Eles se passam por pessoas e começam um relacionamento virtual com a vítima, ganhando sua confiança para depois pedir dinheiro.

Golpe do Namoro Falso (Catfish)

Também chamado de catfish, esse golpe é parecido com o anterior, na qual o criminoso cria um perfil falso e passa a se relacionar com alguém.

O golpista engana a vítima de maneira emocional, por iniciar um relacionamento amoroso de fachada e de maneira financeira quando começa a pedir dinheiro.
Esse foi o tipo de fraude usada pelo criminoso do documentário “O Golpista do Tinder”.

Cartaz de divulgação do golpista do tinder, série documentário da Netflix

Golpe da Falsa Central de Atendimento

Golpistas se passam por empresas verdadeiras e entram em contato com o objetivo de confirmar dados pessoais como número do cartão de crédito cadastrado.

Quanta coisa falsa! É nessa hora que lembramos de nossa mãe falando para tomarmos cuidado com a falsidade.

Vamos continuar, porque tem mais fraudes nessa lista.

Golpe da Venda de Produtos Usados

Conhecido como Golpe do Instagram, os criminosos invadem perfis verdadeiros e publicam stories oferecendo produtos como celulares, eletrodomésticos, móveis, entre outros.

A desculpa utilizada é que a pessoa ou algum conhecido está de mudança ou que não querem mais o produto. Aos interessados, os golpistas pedem que deem um valor via Pix para fazer a reserva do produto.

Quando a transferência é feita, eles encerram o contato e a vítima perde o dinheiro.

Golpe do Instagram oferecendo produtos falsos, nessa fraude golpistas prometem e cometem o golpe não entregando após receberem

Golpe do Suporte Técnico

Nessa fraude, os criminosos criam anúncios pop-up (tipo de anúncio que abre uma nova janela na tela do computador ou celular).

Esses anúncios alertam que o dispositivo da pessoa (celular, computador ou outro) está com vírus e que precisa ser protegido. Assustada, a vítima clica no anúncio, que geralmente é de um site falso de antivírus, paga por um produto que não existe ou tem seus dados roubados.

Golpe do Investimento

Fraude em que o golpista faz promessas de retorno de investimento em determinada ação.

Hoje em dia, a criptomoeda vem sendo o investimento mais usado para golpes.

Golpe do Marketing Multinível

Parecido com o exemplo anterior, essa fraude também tem a ver com a promessa de retorno de investimento, porém, há uma condição: a vítima precisa fazer um depósito inicial e indicar outras pessoas.

O esquema lembra um pouco as pirâmides financeiras, pois para iludir as vítimas, os golpistas pagam os novos integrantes com o dinheiro de quem entrou antes.

E-mail falso da Netflix usado para golpe de phishing

Golpe do Emprego

No golpe do emprego, o golpista cria páginas falsas com anúncios de empregos. Através dessas páginas, a vítima precisa realizar um cadastro e pagar um valor para ter acesso às oportunidades. Dessa forma, além de perder dinheiro, a vítima expõe seus dados pessoais.

Outra variação dessa fraude é quando os criminosos enviam mensagens com proposta de empregos ou entrevistas. As mensagens geralmente acompanham algum link para roubar as informações da pessoa.

EXTRA: Golpe do Falso Sequestro

Esse tipo de golpe não é exatamente um golpe digital, mas não poderíamos deixá-lo de fora, pois muitas pessoas já foram vítimas.

Muito aplicado alguns anos atrás e ainda comum hoje em dia, nessa fraude, o golpista liga para um número aleatório, altera a voz e tenta enganar a pessoa do outro lado da linha ao se passar por um familiar sequestrado.

Na maioria dos casos, o golpe é feito por mais de uma pessoa para dar a sensação de que um é o sequestrador e o outro é a pessoa sequestrada.

Quando o criminoso consegue a atenção da vítima e percebe que ela acreditou na história, a conversa então prossegue até a negociação e o momento do pedido de resgate. O valor geralmente é pago através de depósitos ou transferências bancárias.

Golpe do falso sequestro: fotografia de jovem desesperada ao atender o celular.

Ufa, chegamos ao fim de nossa lista. Você sabia que tinha tanto golpe assim atualmente?

1
Você sabia que tinha tanto golpe assim atualmente?x
← CLIQUE NO ÍCONE PARA COMENTAR

Depois de aprender sobre esse monte de fraude, vamos descobrir o que fazer para evitar cair nessas ciladas.

Como prevenir golpes

A primeira dica é: desconfie de tudo que você vê na internet (isso vale para sms, whatsapp, mídias sociais e anúncios exibidos até mesmo nos resultados de pesquisas), afinal tem um velho ditado que diz “quando a esmola é demais, o santo desconfia.”

  • Fique atento aos links que são enviados por mensagens ou e-mails, mesmo que sejam de pessoas conhecidas. Confira atentamente o endereço do link e a URL do site;
  • Se estiver em dúvidas, ligue para a loja ou instituição para confirmar se a mensagem veio realmente deles e se é verdadeira;
  • Não acredite em mensagens em nome de bancos ou órgãos do governo, pois essas instituições não fazem contato via mensagem;
  • Nunca confie em pedidos de transferência de dinheiro por parte de amigos ou parentes. Tente contato com a pessoa através de ligação para confirmar;
  • Antes de fazer transferências, veja qual nome consta na chave do Pix, se for de terceiros, certamente é um golpe;
  • Mensagens com ameaça de encerramento de conta ou de serviços geralmente são fraudes, quando receber algo com esse tipo de senso de urgência, não clique em nenhum link enviado. Procure os canais oficiais da marca ou órgão e denuncie;
  • Sempre desconfie de descontos imbatíveis e nunca divulgue seus dados pessoais em sites desconhecidos;
  • Retorno financeiro garantido em casos de investimento não existe. Todo investimento traz algum risco;
  • Se ficar interessado na venda de algum produto usado pelo Instagram, entre em contato com a pessoa através de outros canais;
  • Não informe códigos para quem pedir, mesmo que a pessoa afirme ser de operadoras de celular, bancos, lojas ou qualquer outra instituição;
  • Desconfie de perfis com nomes suspeitos, sem fotos, sem capa, sem localização que enviam mensagens e e-mails com convites para sorteios, informando que você ganhou algum prêmio, que foi selecionado para alguma entrevista ou vaga de emprego que você não se candidatou;
  • Não compartilhe seus dados;
  • Denuncie perfis falsos ou hackeados;
  • Para prevenir que suas redes sociais sejam invadidas, utilize senhas fortes e ative a verificação de duas etapas.

O que fazer se for vítima de um golpe?

  • Registre um boletim de ocorrência presencialmente ou online, além de fazer uma denúncia formal;
  • Troque todas as senhas de acesso de suas contas bancárias, redes sociais, e-mails e aplicativos. Isso também serve para casos de perda, roubo ou clonagem;
  • Avise seus contatos que você foi vítima de golpe, principalmente se seu perfil foi hackeado ou clonado. Isso vai impedir que transfiram dinheiro para alguém se passando por você;
  • Entre em contato com o banco para onde o dinheiro foi enviado, avise que você tem o boletim de ocorrência do golpe e peça o bloqueio da conta dos criminosos. Anote o nome do atendente, data, horário e protocolo;
  • Informe o seu banco, para que fique atento a movimentações estranhas;
  • Acompanhe seu extrato bancário para detectar quaisquer transações suspeitas;
  • Cancele cartões de crédito para que os criminosos não façam mais transações;
  • Guarde comprovantes, salve imagens de telas, fotos, e-mails, mensagens e qualquer dado que possa te ajudar a comprovar a fraude e a identificar os golpistas.

Receba novas matérias:

Receba novas matérias:

[fb-reactions]
2022-05-21T18:24:44-03:00
5 2 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gydeão Estácio
Gydeão Estácio
1 ano atrás

Ficou decente a explicação, com certeza irá ajudar a evitar que muitos sejam enganados 👏🏻👏🏻👏🏻

Flávia Lopes F. F. Macedo
Admin

Que bom que gostou Gydeão, muito obrigada pelas palavras.

Joyce
Joyce
1 ano atrás

Não fazia ideia do tanto de golpe! Acho que não cheguei a cair em nenhum mais por sorte do que por conhecimento. O do emprego eu soube de uma pessoa que chegou a pedir demissão de uma empresa em São Paulo, se mudou para Ribeirão Preto (chegou a ter entrevista pessoal) e ficou a ver navios

Flávia Lopes F. F. Macedo
Admin
Reply to  Joyce

Eles são bem criativos rsrsrs, quem dera utilizassem essa mesma garra para fazer algo construtivo…
Tenso essa história do emprego heim, pois é, hoje em dia temos que dar passos muito bem analisados.
Obrigada por participar, tenha um ótimo final de semana!